Agende o Seguro Desemprego e veja quem tem direito a receber o beneficio

Quem já está no mercado de trabalho há alguns anos certamente, em algum momento, já teve que sacar o seguro desemprego em sua jornada profissional. O direito trabalhista é um dos mais importantes na vida do cidadão brasileiro, que muitas vezes utiliza os recursos desse benefício para se manter até encontrar outra oportunidade profissional.

No entanto, muita gente deixa de recolher o benefício por justamente não saber como dar entrada no Seguro Desemprego e, então, acaba deixando vender o período determinado pelo Ministério do Trabalho.

O prazo determinado pela Justiça para que um trabalhador formal, recém despedido, de entrada no beneficio Seguro desemprego é uma semana após o desligamento, até o 120º a contar da demissão.

seguro desemprego

A partir desse período, não será mais possível dar entrada no benefício e é o que acontece com milhares de brasileiros que, muitas vezes, não fazem nem ideia por onde começar para recolher o principal direito trabalhista de qualquer trabalhador brasileiro.

Então, se você acabou de ser mandado embora ou conhece alguém tem direito ao seguro desemprego que está passando por essa situação, confira a seguir uma série de informações importantes e essenciais para resgatar esse dinheiro tão importante para quem está desempregado.

Quem tem direito a receber o seguro desemprego?

Há quatro tipos de trabalhadores que têm direito de dar entrada e receber o beneficio Seguro Desemprego, que são eles:

  • Pescador Artesanal;
  • Trabalhador formal;
  • Empregado doméstico;
  • Trabalhadores que foram resgatados em condições de trabalhos escravo.

Se você se enquadra em uma dessas categorias, então possui todo os direitos trabalhistas garantidos pela Constituição Brasileira, incluindo, é claro, o Seguro Desemprego.

seguro-desemprego

No entanto, as parcelas e o período de tempo para dar entrada no seguro são diferentes. Confira a seguir os prazos para você não perder o direito de resgatar seu dinheiro.

Tempo determinado para dar entrada no seguro

Os prazos variam dependendo do tipo de trabalho que a pessoa exercia. Confira a seguir os prazos com o tempo mínimo e máximo para agendar o seguro desemprego determinado pela Justiça do Trabalho:

  • Trabalhador formal – do 7º até o 120º dia após a dispensa do trabalho;
  • Empregado doméstico – do 7º até o 90º dia após a dispensa do trabalho;
  • Pescador Artesanal – 120 dias após a proibição da pesca (período de defeso);
  • Trabalhador resgatado – 90 dias a partir da data do resgate.

É muito importante ficar de olho nos prazos pois, se expirar, não será mais possível dar entrada em seu benefício seguro desemprego!

Como realizar o agendamento passo a passo

O primeiro passo a ser dado é abrir o seu navegador predileto e, então, digitar o seguinte site na barra de endereços:

Em seguida, você deverá inserir as informações que são pedidas no sistema, que são elas: Estado, Município, Tipo de atendimento que deseja receber e o código de segurança. Depois, clique em Prosseguir.

Na próxima tela você encontrará todas as informações pertinentes ao agendamento seguro desemprego, como o local mais próximo a você baseado em disponibilidade.

seguro-desemprego

Ou seja, o sistema mostrará quais são os locais mais próximos e que estejam disponíveis para você realizar o seu agendamento. Além disso, o site ainda mostra quais documentos serão necessários para dar entrada no seguro.

Quanto será o valor do meu seguro desemprego?

Para o trabalhador formal descobrir o valor que receberá de seu seguro desemprego, o cálculo deve ser feito assim: pegar os três últimos salários recebidos e dividi-los por 3.

O resultado será, em média, o que você deverá receber como benefício. Para outras categorias, o valor é de 1 salário-mínimo.

Você ainda ficou com alguma dúvida sobre como agendar o seguro desemprego? Faça um comentário e deixe as dúvidas para que a gente possa te ajudar.